sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Foto de Jemfiuza / Cantigas á minha viola; Portugal 2012

"Recomeçar é sempre um acto de intimidade. Depois as roupas até podem não ser verdadeiramente roupas desde que o corpo tenha uma dimensão tangível.
Fazer música sem subterfúgios, segundos sentidos e formas encriptadas de passar uma mensagem, e reduzindo-a à sua mais pura essência é igualmente uma forma de alguém se revelar. De – porque não? – Nudez. De decisão consciente ao prescindir de defesas e disfarces. De coragem.

Sem comentários:

Enviar um comentário